quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Foco no Kinect foi decisão da própria Rare, e não da Microsoft !!

A Microsoft é frequentemente acusada de ter acabado com a Rare, que nos tempos áureos da Nintendo produziu clássicos como Banjo-Kazooie e Perfect Dark, e relegado ela para se focar no desenvolvimento de games para o Kinect. Mas em uma entrevista, o designer ex-Rare e atual diretor de estúdio da Playtonic, Gavin Price, explicou que essa foi uma decisão da Diretoria da Rare, e não Microsoft, que escolheu colocar todos os recursos da empresa voltados para o Kinect.

http://static.wordpress.pxb.net.br.s3.amazonaws.com/2015/07/rare_pxb.jpg

"Todo mundo gosta de criar essa fantasia de que a Microsoft é do mal, mas esse não é o caso", disse Price. "Phil Spencer ter assumido as decisões do Xbox foi uma das melhores coisas que poderiam ter acontecido para a Rare, porque ele sempre disse aos funcionários da Rare, como gerente geral da Microsoft Studios, ''Façam o que vocês querem fazer e nós vamos apoiar vocês.'''

Foram as pessoas na diretoria da Rare que falaram: ''Bem, o Kinect é uma grande oportunidade para o estúdio apostar tudo.'' Assim, quando os executivos da Microsoft verem que a equipe está apaixonada por fazer isso, eles vão apoiá-los. A Microsoft sim, fez isso, mas a história que começaram a contar por aí não foi a realidade".No entanto, Price admitiu que teria sido melhor para a Rare continuar trabalhando com franquias mais velhas juntamente com o desenvolvimento de games para o Kinect. 

"Eu acho que teria sido uma explicação mais fácil para os fãs da Rare dizer: 'Não se preocupe, o estúdio irá continuar a desenvolver suas antigas franquias'", disse Price. "O fato de que a Rare ficou completamente atarefada e alinhada com o Kinect, tirou a possibilidade de dar aos jogadores algo que eles amariam imediatamente." Atualmente a Rare trabalha em Sea of Thieves, novo game com características de MMO que deve ser lançado em 2016.