quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Criador de Ori and the Blind Florest fala da dificuldade de obter Kits do Nintendo NX !!


Após o Coldwood Interactive, de Unravel, ter falado da falta de informações sobre o Nintendo NX e a postura da Nintendo em relação aos estúdios que podem vir a apoiar o console, agora foi a vez da Moon Studios reagir à forma como a Nintendo está tratando o novo console. Thomas Mahler, responsável pela Moon Studios, de Ori and the Blind Forest, falou das palavras de Martin Sahlin e compartilhou a sua situação,dizendo não acreditar que a Nintendo consiga bons resultados com esta postura atual.

http://3.bp.blogspot.com/-_GC7g985K7c/Vou0Usb4A4I/AAAAAAAA8Mg/l6w45ilazBU/s640/nintendo-nx-620x349.jpg

"É uma coisa muito chata para qualquer estúdio. Também falamos com a Nintendo e não nos disseram nada - nunca irei entender isso. Para esclarecer, não só a Nintendo mas todas as fabricantes de consoles tratam os seus devkits e os seus consoles ainda para serem lançados como se fossem sua segunda vida e são loucamente reservadas a um nível estúpido para os dias atuais. Não é pelo equipamento ainda não estar terminado, mas pelo menos eles podiam dar as especificações, assim saberíamos para o que teríamos que construir os jogos" 

"O que eles precisam para vender consoles são jogos bons. A Nintendo ainda não entregou os Devkits até o momento e provavelmente irá querer vendê-lo em 2016, e já posso garantir que simplesmente eles não terão jogos para apoiar o NX, pois não é possível criar jogos em menos de um ano. Quer dizer, pode, mas serão um lixo." Mahler falou ainda sobre o suporte para motores e diz que é preciso ter o suporte da Unreal Engine 4 e  da Unity muito antes do lançamento. Isto para facilitar a vida dos estúdios que queiram desenvolver jogos para novos sistemas. 

"Quero os Devkits ou pelo menos especificações uns 2 anos antes do lançamento - manter todos os estúdios atualizados, começar um fórum com os programadores para eles conversarem para descobrir problemas, ao invés de ficarem todos esperando. Nada disso acontece em lado nenhum e é grave."