quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Microsoft: "4.2 TFLOP do PS4 Pro não são suficientes para um 4K verdadeiro” !!

O PlayStation 4 Pro é uma boa máquina com boas especificações, disse Albert Penello, Diretor de gestão de produto e planejamento no Xbox, mas a GPU com 4.2 teraflops “não é suficiente para fazer 4K verdadeiro”. Em declarações ao site Eurogamer.net, Penello explicou que a Microsoft tinha escolhido a GPU com 6 TFLOP para o Xbox Scorpio para “fornecer jogos com a qualidade do Xbox One em 4K”, e ter “menos asteriscos à volta das experiências 4K” do que a Sony.

http://www.gamepur.com/files/images/2014/xbox-scorpio-vs-ps4-pro_0.jpg

“Acho que há muitas ressalvas que a Sony está dando aos clientes agora sobre o 4K,” disse. “Estão falando sobre checkerboard rendering e up-scaling e termos como esses. Há muitos asteriscos no seu marketing à volta do 4K, o que é interessante porque quando pensamos sobre as especificações que queríamos no Scorpio, fomos muito claros que queríamos que os programadores pegassem nos seus motores do Xbox One e fizessem render em um 4K nativo e verdadeiro. Foi por isso que escolhemos o número, é por isso que temos a largura de banda de memória que temos, é por isso que temos os teraflops que temos, porque foi isso que ouvimos os criadores de jogos dizerem que era necessário para alcançar um 4K nativo.”

“Agora, parecido com o que a Sony disse, isso não significa que vou exigir aos criadores para fazer isto,” continuou. “Eles poderão pegar naqueles seis teraflops e fazerem o que pensarem ser melhor para o seu jogo. Mas eu sei que 4.2 teraflops não são suficientes para fazer um 4K verdadeiro. Portanto, sinto que o nosso produto aspira a algo um pouco mais alto, e teremos menos asteriscos à volta das experiências 4K que entregamos na nossa caixa.” Enquanto alguns jogos rodarão com uma resolução 4K nativa no PS4 Pro (incluindo The Last of Us Remastered e The Elder Scrolls Online), a maioria será melhorada com uma tecnologia chamada “checkboard rendering”. Segundo relatos em primeira mão, a técnica é impressionante, mas menos vibrante que uma saída com um 4K nativo.

O PS4 Pro inclui uma GPU com 4.2 TFLOPs e uma CPU melhorada, e chegará ao mercado em Novembro. O Xbox Scorpio, que deverá chegar no final de 2017, incluirá uma GPU com 6 TFLOPs e uma banda de memória melhorada. Penello também sugere que teremos um leitor de Blu-ray 4K, algo que não marcará presença no PS4 Pro.