quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Linha narrativa de Final Fantasy XV foi totalmente intencional !!

Em uma entrevista com a Game Informer, via NovaCystallis, Hajime Tabata, Diretor de Final Fantasy XV, falou sobre um dos aspectos mais criticado do jogo, a história. Muitos fãs ficaram confusos com a forma como os acontecimentos se desenrolam, especialmente porque a grande maioria surge fora da visão do jogador.


Hajime Tabata disse que essa direção narrativa foi totalmente intencional, e não uma falha ou erro. Segundo ele explicou, os eventos importantes acontecem fora da tela porque estão fora da visão de Noctis. "Era para os jogadores viverem a história pelos olhos de Noctis. O mundo e os eventos que Noctis vê são meramente coisas que são vistas pelos seus olhos. Não queríamos criar uma história compreensiva e perfeitamente equilibrada nesse jogo. Ao invés disso, colocamos a importância nos personagens principais para que o jogador e Noctis compartilhassem a mesma experiência quando contamos a história."

Tabata explicou que esta abordagem ao design narrativo tornou natural o foco ainda maior nos personagens principais, apresentando um jogo através da sua perspectiva. Naturalmente, isto forçou os personagens secundários a desfrutar de menor tempo na tela. Sobre a segunda metade do jogo, que se torna linear, Tabata explicou que também foi uma decisão intencional, afirmando que o tempo e custo do desenvolvimento seriam dobrados se mantivessem a estrutura em mundo aberto.

"Baseado nos nossos cálculos, o tempo e custo de desenvolvimento seriam dobrados se a metade final do jogo fosse em mundo aberto, já havia sido planejado que a segunda metade seria uma viagem em um veículo. A estrutura deste título - criar memórias enquanto viajamos em um mundo aberto na primeira metade do jogo, depois avançar de forma linear na história com o comboio na segunda metade - foi propositadamente desenhada dessa forma."

Sussu: Boa desculpa para vender essas partes por DLC...kkkk