sexta-feira, 28 de abril de 2017

Phil Spencer promete reforçar o investimento nos estúdios internos !!

Em uma entrevista pra o The Guardian, Phil Spencer afirmou que eles vão se dedicar mais aos estúdios internos para criarem mais jogos exclusivos nas plataformas da companhia. Perguntado sobre novos jogos e exclusivos, Phil Spencer respondeu que "no momento o foco está nos conteúdos que estamos criando. Sei que recebo críticas da comunidade sobre o estado das nossas first-party e na posição em que estamos, quero dizer: o mesmo nível de dedicação que sentiram de mim e de toda a equipe conforme evoluímos ao longo dos últimos três anos - está presente nas nossas equipes first-party." "Não quero me adiantar e pré-anunciar um monte de coisas mas estamos reforçando o nosso investimento, não existem dúvidas disso".

https://www.windowsteam.com.br/wp-content/uploads/2016/03/Phil-Spencer.jpg

A respeito dos jogos focados em grandes campanhas, Phil Spencer diz que ela já não são tão consistentes quanto no passado, mesmo com a chegada de jogos como Zelda: Breath of the Wild ou Horizon Zero Dawn. "Jogos como Zelda e Horizon Zero Dawn chegam e têm uma boa prestação, mas não têm o mesmo impacto de antes, porque os grandes jogos por serviços estão capturando uma grande quantidade da audiência. Os estúdio internos da Sony fazem muitos jogos destes, e são bons nisso, mas fora isso, é muito difícil - tornaram-se cada vez mais raros; é uma decisão empresarial muito difícil para estas equipes, o obstáculo é muito maior." 

Phil Spencer defende que existe espaço para todos os jogos e entre os diferentes modelos de negócio, acredita que é preciso fazer o melhor para cada jogo. O importante é escolher um modelo que faça sentido para o tipo de jogo em que será aplicado.A Microsoft também compartilhou os resultados do trimestre fiscal que terminou no dia 31 de Março de 2017. A companhia revelou como correram as coisas para o Xbox nos últimos meses.

O Xbox teve um bom desempenho nesse período. O relatório financeiro assinalou que as receitas de gaming aumentaram 4%, chegado aos 192.8 milhões de dólares. A Microsoft afirmou que isso se deve ao crescimento da Xbox Live, cujos utilizadores mensais ativos subiram 13% (de 46 milhões para 52 milhões) em comparação com o mesmo período do ano passado. Dito isto, os números também representam um declínio em relação ao trimestre passado, no qual tinham conseguido 55 milhões de utilizadores ativos, algo que é visto com alguma naturalidade se tivermos em conta que na época de Natal costuma haver mais jogadores online. 

As receitas das vendas de software e serviços Xbox aumentaram 7% graças a uma maior adoção da distribuição digital e um "forte alinhamento de jogos". Destacando que a Microsoft não especificou quanto dinheiro gerou nesta parte do seu negócio.