domingo, 12 de novembro de 2017

Review: Just Dance 2018 !!

Mais um ano, mais um Just Dance. E mais uma vez temos um jogo que diverte toda a família com uma trilha sonora que literalmente agradará a todos os gostos. Depois de jogar muito (e quase enfartar), posso afirmar a vocês que a diversão continua correndo solta aqui, até se você for um jogador solitário.

https://i.gyazo.com/287e2d69de408d7aac677b7b7c2a986e.jpg

Pois bem,  a lista de músicas se destaca nessa versão. Em Just Dance 2018, temos 40 faixas, de artistas como Bruno Mars, Katy Perry, Beyoncé, o hit do ano, Despacito, entre outros, além do Just Dance Unlimited, que traz mais de 300 músicas de todos os estilos, com você podendo usar o serviço na faixa por 3 meses. Depois, só pagando uma assinatura. Uma coisa salta a vista logo no começo: os menus do jogo. Eles agora ficaram mais simples e intuitivos e agradam bastante. Como de costume, temos os modos de sempre para escolher como aproveitar o jogo: Usando o smartphone, o Kinect e no PlayStation 4 usando um PS Move ou a PS Camera. Escolha o seu modo de jogo e divirta-se.


Duas coisas podem ser ditas aqui sobre o jogo: Ele é mais do mesmo ?? Talvez sim, mas com mudanças míninas e acréscimos interessantes. Além do mais, em time que está ganhando não se mexe, certo? E se você já tem o Just Dance 2017 você até poderia até esperar uma promoção, pois se você seguir assinando o Just Dance Unlimited, você pode ter algumas das principais músicas do JD 2018 no seu JD 2017. O jogo continua divertido, com suas coreografias variadas e garante horas de diversão ao jogador, tanto sozinho quanto com os amigos e a família, sendo essa a opção mais recomendada se você quiser dar boas gargalhadas enquanto assiste o povo jogar e "dançar".

Uma adição na versão 2018 de Just Dance é o Dance Lab, que substitui a Just Dance Machine, que estreou em Just Dance 2017. Esse modo cria uma combinação de músicas e movimentos, parecendo algo aleatório, diferente e meio bizarro, para ser sincero. O outro modo novo é Kids Mode, que é basicamente uma versão atenuada da jogabilidade principal. Além de não ter como perder (Um movimento errado simplesmente resulta em um "HAHA") os movimentos e a interface são significativamente mais simples e fáceis. Esse modo, pelo que vi, é para o jogo ficar  mais acessível e divertido aos mais novos. Essa foi uma boa sacada da Ubisoft para atrair ainda mais a criançada.

 

Uma coisa é certa: Com o acréscimo do Just Dance Unlimited, Just Dance 2018 é um ótimo jogo, com uma gama bem variada de canções para dançar, com muitas coreografias variadas e bem divertidas. Mas uma coisa me deixou pensando: Depois do anúncio da Microsoft sobre o Kinect, será que a Ubisoft manterá o suporte a ele nas próximas versões do jogo? Pois o Kinect ainda é a melhor maneira de se jogar Just Dance. Teremos que aguardar a próxima versão para saber...

Por Luciano Coelho - Gamertag: LMCOELHO