Gomídia lança produtora dedicada a Podcasts !!

A Gomídia, agência brasileira de marketing digital com foco em entretenimento e que tem escritórios no Brasil e no México, expande sua área de atuação com a criação da Half Deaf, produtora de podcasts de temas variados que tem entre os objetivos reunir criadores de conteúdo, dar ao formato o tratamento profissional que é comum em outras mídias  e produzir programas de alta qualidade unindo diferentes abordagens, formatos, temas e personalidades cujas vozes ressoam com um público moderno e interessado em expandir seus horizontes. A Half Deaf foi idealizada e criada em parceria com os roteiristas de TV e cinema Gus Lanzetta e Vitor Brandt e faz parte de um processo de ampliação das atividades da Gomídia na área de entretenimento digital.

https://i0.wp.com/www.universoxperience.com/wp-content/uploads/2018/06/gomidia.png?resize=800%2C151&ssl=1

“Na Half Deaf, vamos aproveitar a estrutura e o conhecimento da Gomidia para investir em novos conteúdos originais. Além de consumirmos e gostarmos muito de podcasts, enxergamos a produtora como uma oportunidade de fomentar esse mercado no país, profissionalizar os programas e desenvolver um formato que já se mostra interessante para o investimento do mercado publicitário”, disse Lucas Patrício, cofundador da Gomídia. “O Gus e o Vitor têm muita experiência com podcasts e, juntos, vamos oferecer qualidade, entretenimento e informação para públicos de diferentes interesses”.

Todos os podcasts com o selo Half Deaf serão gravados e produzidos nos estúdios da Gomídia, em São Paulo, e, além de programas inéditos, a produtora irá incorporar podcasts que já existem, casos do Papo Torto, de Gus Lanzetta e PC Siqueira; BumBumCast, de Vitor Brandt, Hell Ravani e Gustavo Suzuki; Imagina Juntas, de Jéssica Grecco e Carol Rocha “Tchulim”, e MotherChip, do Overloadr. Para garantir a qualidade, o conteúdo da Half Deaf terá curadoria de Gus Lanzetta e Vitor Brandt.

Além de estarem disponíveis nos tradicionais canais de podcast, os programas poderão ser ouvidos nas principais plataformas de streaming musical, incluindo o Spotify, parceiro oficial que terá programas exclusivos produzidos pela Half Deaf.

“Enquanto ouvinte, o que me atrai no mundo dos podcasts é a imensa variedade de formatos. Documentários, gameshows, programas jornalísticos, tem de tudo para escutar. A ideia da Half Deaf é, justamente, apostar na versatilidade do formato, sempre indo atrás de um conteúdo diferente e diversificado”, comenta Vitor Brandt.

Já Gus Lanzetta destaca a evolução dos programas ao longo dos últimos anos. “Faço podcasts, quase initerruptamente, há 12 anos e sempre quis ver uma profissionalização da área. Olhando para trás, percebo um crescimento exponencial do formato não só em termos de qualidade, mas como são vistos pelo mercado, que já o considera um investimento que vale a pena. Está cada claro que é um conteúdo que dá retorno e gera engajamento”.

Compartilhar