Nintendo Switch é oficialmente hackeado !!

Ao longo dos últimos meses a Nintendo tem estado em guerra com os hackers, lançado atualizações regulares de segurança para o Nintendo Switch em uma tentativa de se antecipar a eles e corrigir vulnerabilidades no console. Mas parece que os hackers ganharam a corrida e descobriram uma vulnerabilidade no Nintendo Switch que não pode ser corrigida por atualização. A única solução seria o recolhimento de todos os consoles vendidos até agora, o que nos parece altamente improvável.

https://i1.wp.com/i.gyazo.com/4ed962070950bcd3d5c2d740ed6aa36c.png?resize=800%2C830&ssl=1

A vulnerabilidade é inerente ao chip Tegra X1 da Nividia e consiste em recorrer ao modo de recuperação USB dentro do Chip para rodar o código personalizado, o que futuramente deverá permitir a instalação de Homebrews e até de jogos piratas. O único obstáculo é que para forçar o chip a entrar no modo de recuperação USB é preciso criar um curto circuito na ligação do Joy-Con. O grupo Fail0verflow já arranjou uma solução para isso, criando um pequeno dispositivo que faz o efeito desejado.

https://i0.wp.com/i.gyazo.com/ce43d7e02bb02348e12518b9f3e90165.png?resize=800%2C600&ssl=1

O exploit, apelidado de Fusée Gelée (em português, foguete congelado), continuará a existir em todos os consoles atuais independentemente das atualizações que a Nintendo possa lançar, afirma o grupo. A Nintendo até pode corrigir a falha (que está no próprio hardware) em uma revisão de hardware do Nintendo Switch, o que significa que o modelo original do console vai provavelmente aumentar de valor no mercado de segunda mão. Desde que a vulnerabilidade foi descoberta, os hackers puserram mãos à obra e já conseguiram colocar o Linux rodando no console, assim como o emulador Dolphin, que permite rodar jogos do GameCube.

Compartilhar