sábado, 1 de julho de 2017

Phil Spencer: "Xbox vai continuar lutando pelo mercado japonês" !!

Phil Spencer tem dado que falar nos últimos dias. É que desde a apresentação do Xbox One X na E3 2017 até ao seu lançamento no dia 7 de Novembro, as pessoas querem saber a estratégia que a Microsoft vai adotar para esta nova etapa, onde deverão fazer de tudo para posicionar a família Xbox One em uma posição melhor em relação a que têm hoje. Desde o primeiro Xbox que a companhia não consegue ter bons resultados no Japão e com o Xbox One as coisas não mudaram. Recentemente Phil Spencer falou com a Famitsu (via DualShockers) sobre o assunto e revelou a sua postura perante o mercado japonês.

https://i.gyazo.com/0fddc76973cd9d88cacb0cde408a8b38.png

Phil Spencer falou sobre o tema relacionado com a abordagem que a marca tem tido no mercado japonês e os planos sobre o futuro que eles terão com o lançamento do Xbox One X, que também será lançado no Japão. Phil Spencer revelou que apesar da marca não ter encontrado um nicho importante no Japão, eles continuarão a trabalhar para aumentar a sua base de jogadores. Parte da estratégia inclui o lançamento do Xbox One X no Japão, mas embora não tenha revelado datas, Phil Spencer afirmou que eles pretendem que o lançamento em mercados específicos, que não estão programados para o dia 7 de Novembro, seja o mais próximo possível da data de lançamento oficial.

Phil Spencer reconheceu que a presença do Xbox no Japão não é forte mas ainda assim ele não se vai render na sua tentativa de ganhar a preferência dos jogadores de lá, apelando à paixão que se tem no país sobre os videogames. Além disso, ele revelou que esta é a época adequada para entrar no mercado nipônico uma vez que, segundo o seu ponto de vista, os produtores japoneses estão vivendo um renascimento e a ideia é aproveitar esta situação para implementar novas estratégias que permitam colocar o Xbox One e os seus jogos ao gosto dos jogadores japoneses. 

No início do ano Phil Spencer se reuniu com distribuidoras no Japão para tentar estabelecer uma nova relação comercial que resulte no lançamento de jogos japoneses, sobre tudo RPGs, à família dos consoles Xbox One. Ele também já tinha dito a um tempo atrás que 2017 seria um ano diferente para o Xbox One.