sexta-feira, 29 de abril de 2011

Rumor: Dados de Cartão de Crédito Roubados na PSN estão a venda !!

Apesar de a tabela contendo os dados finaiceiros estar supostamente encriptada, como informou recentemente a própria Sony, as informações financeiras de 2,2 milhões de usuários da PSN já estariam nas mãos de criminosos e prontas para serem repassadas adiante em troca de dinheiro.

Isso de acordo com o Twitter de Kevin Stevens, especialista de segurança online na empresa TrendMicro e Brian Krebs, outro expert na área, que também teria “flagrado” hackers discutindo detalhes desses dados – revelando, inclusive, o fato de que os criminosos tentaram vender as informações de volta para a Sony, mas não tiveram resposta.

http://images.vg247.com/current//2011/04/20110429creditcards.jpg

Dentre os dados roubados constam nome, endereço, número de telefone, endereço de correio eletrônico, data de aniversário, além de informações detalhadas sobre o cartão de crédito usado pela vítima, incluindo o CVV2, código de segurança situado na parte traseira do cartão.

A empresa japonesa diz que “não há provas de que houve roubo de números de cartões de crédito”, mas os especialistas dizem que os hackers têm posse dos nomes, endereços, números de telefone, endereços de email, datas de nascimento e, talvez o mais importante, o número completo dos cartões, incluindo o código de segurança.

A informação contraria uma recente declaração feita pela Sony, afirmando que os dados referentes aos cartões de crédito de seus usuários estavam encriptados e, portanto, livres do perigo de roubo. Apesar da riqueza de detalhes, é preciso ter calma.

Em primeiro lugar, nenhum dos fóruns citados pelo especialista teve seu endereço revelado. Outro ponto importante é o fato da PSN não guardar em momento algum o código de segurança CVV2, exigindo que o usuário o coloque manualmente todas as vezes que executa alguma transação pela rede.

Isso iria contra uma informação divulgada pela Sony nesta semana: a de que, como esse código de segurança não era armazenado nos servidores da PSN e do Qrocity, não havia meio de os hackers conseguirem roubá-los. Quem está falando a verdade?

Mas vamos dar uma boa notícia em meio a tantos problemas: Os Troféus dos usuários, por exemplo, estão completamente salvos e retornarão na próxima semana, quando a rede voltar online. A Lista de amigos ou qualquer configuração envolvendo este aspecto também estão a salvo. Os saves guardados em nuvem (funcionalidade exclusiva PlayStation Plus) não serão comprometidos de forma alguma.

Outra boa novidade é para os assinantes de jogos online, como Free Realms e DC Universe Online. A Sony Online Entertainment estuda meios de compensar os jogadores destes títulos. Em geral, a Sony também estuda atualmente uma forma para compensar assinantes dos serviços pagos PlayStation Plus e Qriocity.

7 comentários:

Anônimo disse...

meu deus O_o , parabéns luciano pela cobertura da psn , estou sempre de olho pelo celular pra ver noticias hehe

Mr_TLX disse...

"especialistas dizem "

Dizer todo mundo Diz ... O problema é dar certeza !

Anônimo disse...

Cade a crianca de 8 anos que vive falando : sony a deusa do amor, sumiu ? Porque sera ? Deve estar fazendo totozinho.

nevaska14 disse...

em homenagem ao 2ºanonimo:
SONY A DEUSA DO AMOR!!

Anônimo disse...

SONY A DEUSA DO AMOR !

Anônimo disse...

SONY A DEUSA DO FIASCO!!

Hunk disse...

SONY A DEUSA DO AMOR!!! (em homenagem ao segundo anonimo tambem)
Essa informaçao nao tem fatos suficientes pra ser considerada verdadeira, pelo menos nao por enquanto, por isso botaram no titulo a palavra "rumor". e comentando sobre o lado bom: que bom que nada foi afetado em nossa conta, e todos os prejudicados financeiramente serao recompensados de alguma forma, legal isso, a sony ta mostrando que vai fazer o possivel pra consertar os problemas, ela pode ter falhado na segurança da rede, mas quando ela voltar a ativa estara segura. a sony aprendeu com seu erro, nao podemos esperar que as empresas nao cometam erros, mas o que importa é que a sony consegue aprender com os seus.