segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Bandai Namco considera serviços de assinaturas como possíveis ameaças !!

Diante da chegada de uma nova geração de consoles, a indústria agora mergulha em uma nova febre em torno dos serviços por assinatura e streaming, algo que pode vir a mudar por completo os videogames. Enquanto a Google prepara o Stadia, a Microsoft prepara o Project xCloud para streaming de jogos e aproveita a grande popularidade do Xbox Game Pass. A EA tem o EA Access e a Ubisoft também está preparando o seu próprio serviço.
 https://www.pdvg.it/wp-content/uploads/2019/08/Bandai-Namco-Imm.-Evid..jpg

A Bandai Namco está atenta a isso, mas a Produtora acredita que existem pontos negativos, segundo Hervé Hoerdt. O vice presidente sênior de marketing, digital e conteúdos na Bandai Namco Europe foi perguntado sobre a posição da companhia quanto a esse tipo de serviços e disse até que eles podem ser considerados uma ameaça. "As assinaturas são uma ameaça, isso é certo," diz Hoerdt. "O modelo de negócio por trás dessas assinaturas será baseado em duas coisas: o número de horas jogadas no seu jogo comparado com o total de horas que as pessoas jogaram, e o número de jogos jogados comparado com o número total de jogos."

"Assim sendo, na corrente de valor, vemos uma grande cascata e no final, o valor é muito baixo para sermos capazes de investir mais no conteúdo. É essa a ameaça que vemos. Mas de resto, em termos gerais, é entusiasmante, apelativo, e com mais oportunidades no futuro." No entanto, Hoerdt não considera o mesmo para o streaming e diz que é algo diferente.

"Acho que existe uma percepção errada, o streaming não significa assinatura. Não é obrigatório. E colocamos alguns jogos lá, fizemos testes, temos Dragon Ball Xenoverse 2 a caminho do Stadia, mas temos mais projetos a caminho. Não na primeira vaga, mas existirão 3 ou 4 vagas nos próximos anos, por isso teremos alguns jogos e acho que é importante fazermos esta aposta e ver como ocorre."