segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Blizzard recebe carta do Congresso dos Estados Unidos !!

Preocupados com a pressão que o governo Chinês está colocando nas companhias americanas, os senadores Ron Wyden e Marco Rubio, e os membros do Congresso Alexandria Ocasio-Cortez, Mike Gallagher e Tom Malionwski, escreveram uma carta a Bobby Kotick, o CEO da Activision Blizzard sobre o banimento o jogador Chung "blitzchung" Wai, que expressou o seu apoio aos protestos de Hong Kong em uma livestream de Hearthstone.



A carta, que pode ser consultada online, diz que a decisão da companhia de banir o jogador por demonstrar o seu protesto a favor da democracia é "particularmente preocupante perante o apetite do governo Chinês para pressionar os negócios Americanos a sufocar o liberdade de expressão".

"Como você e a sua companhia certamente sabem, o governo Chinês usa a força e o tamanho da sua economia para suprimir opiniões com as quais discorda". A carta também lembra como o governo Chinês forçou a Apple a remover um aplicativo usado pelos protestantes de Hong Kong e como tentou fazer com que um Diretor de uma equipe da NBA fosse despedido por apoiar os protestos de Hong Kong no Twitter.

"A medida que a China amplifica a sua campanha de intimidação, você e a sua companhia têm que decidir se vão olhar além dos resultados e promover os valores Americanos - como a liberdade de expressão e pensamento - ou ceder às exigências de Beijing para preservar o acesso ao mercado. Pedimos nos termos mais fortes que reconsidere a sua decisão em relação ao Sr. Ching. Você tem a oportunidade de reverter o assunto em curso. Pedimos-lhe com urgência que o faça."

Toda esta pressão está sendo colocada na Blizzard semanas antes da BlizzCon 2019, o evento anual em que a empresa anuncia novidades e celebra juntamente com os fãs. A BlizzCon decorre ente 1 a 3 de Novembro de 2019.